top of page

Governo Lula anuncia criação de 100 novos institutos federais até 2026

Serão investidos R$ 3,9 bilhões do Novo PAC e todas as 27 Unidades da Federação serão contempladas com as novas estruturas

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o governo federal anunciam, nesta terça-feira (12), a criação de 100 novos campi dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs). As novas estruturas serão construídas até o fim do mandato, em 2026, em todas as 27 unidades da federação e vão gerar 140 mil novas vagas. Além de chefe do poder Executivo, os ministros Rui Costa (Casa Civil) e Camilo Santana (Educação) também participam do evento.


A maioria das vagas serão de cursos técnicos integrados ao ensino médio, mas também haverá novas vagas para o ensino superior. Serão investidos R$ 3,9 bilhões das verbas do novo Programa de Aceleração de Crescimento (PAC) em obras. Desse valor, R$ 2,5 bilhões serão investidos para criação dos novos campi e R$ 1,4 bilhão para consolidar unidades já existentes, com a construção de refeitórios, ginásios, bibliotecas, salas de aula e compras de novos equipamentos.


Segundo a gestão Lula, a expansão da rede dos IFs vai aumentar a oferta de vagas na educação profissional para jovens adultos, com foco na população mais vulnerável e humilde. O governo federal também espera impactar o setor de construção civil e gerar emprego e renda, além de trazer desenvolvimento e movimentar a economia nas regiões em que os institutos forem construídos.


A região que será contemplada com o maior número de IFs é o Nordeste. Em todos os nove estados, serão construídos 38 campi. Na sequência vem o Sudeste, com 27 novas unidades, seguido do Sul, com 13, Norte, com 12, e Centro-Oeste, com outros novos 10 campis.


O estado mais atendido será São Paulo, com 12 municípios atendidos, seguido de Bahia e Minas Gerais, com oito cada. Rio de Janeiro, Pernambuco e Ceará aparecem na sequência, com seis cada um.

댓글


bottom of page