top of page

Governadores do NE rebatem declarações de Romeu Zema ao propor bloco Sul-Sudeste


Os governadores dos nove estados do Nordeste divulgaram nota neste domingo (6) rebatendo as declarações do governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), em entrevista ao jornal O Estado de São Paulo no sábado (5) de que o Norte e Nordeste são mais pobres economicamente e são regiões tratadas melhor por parte da União.

Zema defendeu a atuação do Consórcio Sul-Sudeste (Cossud), atualmente presidido pelo governador Ratinho Júnior (PSD-PR), como instrumento para enfrentar o que ele chama de protagonismo político desproporcional dos estados do Norte e Nordeste, que, segundo o governador, recebem muito mais do que arrecadam da União. O mineiro desconsiderou a necessidade de políticas de reparação de desigualdade regional.

De acordo com a publicação organizada pelo Consórcio Nordeste, o governador de Minas Gerais ao defender o protagonismo do Sul e Sudeste, indica um movimento de tensionamento com o Norte e o Nordeste, sabidamente regiões que vem sendo penalizadas ao longo das últimas décadas.

Para o Consórcio Nordeste, Zema demonstra uma leitura preocupante do Brasil. “Indicar uma guerra entre regiões significa não apenas não compreender as desigualdades de um país de proporções continentais, mas, ao mesmo tempo, sugere querer mantê-las, mantendo, com isso, a mesma forma de governança que caracterizou essas desigualdades”, diz o comunicado do consórcio, presidido pelo governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB).

Por Ponta Negra News

Comments


bottom of page