top of page

Conheça o Drex, a nova moeda digital brasileira


Foto: Banco Central

O Banco Central do Brasil anunciou seus planos para o lançamento de sua própria moeda digital, que receberá o nome de “Drex”. A previsão é de que a moeda digital esteja disponível para o público no final do próximo ano, marcando mais um passo na revolução tecnológica do setor financeiro.


Para elucidar o funcionamento e os benefícios que a moeda digital Drex assumiu, o programa “Poder Expresso”, veiculado pelo SBT News, entrevistou o advogado Rodrigo Borges, um renomado especialista em Blockchain formado pelo MIT.


O principal objetivo por trás da criação da moeda digital Drex, de acordo com Borges, é ampliar a inclusão financeira e reduzir os custos associados a produtos e serviços financeiros.


“O que o Banco Central cria, o que ele busca é possibilitar uma maior inclusão financeira e a redução de custos em relação a produtos e serviços financeiros. Se a gente olhar o trabalho que o Banco Central fez com o Pix, por exemplo, que foi trazer os pagamentos instantâneos, agora o Drex seria um primo do Pix, uma evolução, para possibilitar que novos produtos e serviços sejam desenvolvidos e com um custo reduzido, maior transparência por meio da utilização da tecnologia Blockchain”, explicou Borges.


Essa tecnologia de registro distribuída garantirá a segurança, a integridade e a rastreabilidade de todas as operações realizadas com a moeda digital, o que contribuirá para a confiança dos usuários e para a prevenção de atividades ilícitas.


Por SBT NEWS

Comments


bottom of page